logo

Pesquisar

Meio de Locomoção em Minas Gerais

RODOVIAS MINAS GERAIS: tem a maior malha rodoviária do Brasil, equivalente a 16% de toda a malha viáriaImagem relacionada existente no país. No estado, são 269.546 km de rodovias. Deste total, 7.689 km são de rodovias federais, 23.663 km de rodovias estaduais, e 238.191 km, de rodovias municipais. Quanto às características das estradas, a malha federal é toda pavimentada. A estadual se divide em 13.995 km pavimentados e 9.724 km não pavimentados. A maioria das rodovias municipais não é pavimentada. BOA VIAGEM: Belo Horizonte situa-se no entroncamento de grandes rodovias, o que permite a integração de Minas Gerais com os maiores centros urbanos do País e com os principais mercados. As distâncias entre Belo Horizonte e algumas capitais são as seguintes: Brasília (716 km) - São Paulo (586 km) - Rio de Janeiro (434 km) - Vitória (524 km) - Salvador (1.372 km) - Fortaleza (2.528 km)  - Porto Alegre (1.712 km)  - FERNÃO DIAS: Rodovia Fernão Dias (BR 381) É a principal ligação entre as regiões metropolitanas de Belo Horizonte e São Paulo. Forma um dos mais importantes eixos de transporte de carga e de passageiros de todo o Brasil, passando por municípios de médio porte como Lavras, Varginha, Três Corações, Santa Rita do Sapucaí, Pouso Alegre e Extrema, na região Sul de Minas. A Fernão Dias dá acesso também à BR 116, que liga o Rio deImagem relacionada Resultado de imagem para 262Janeiro à Bahia, além de Vitória, passando por Governador Valadares, no Vale do Aço. O nome da rodovia homenageia o bandeirante Fernão Dias, que contribuiu para desbravar o território de Minas Gerais no século 17. BR 040: Rio de Janeiro - Belo Horizonte - Brasília (BR 040) Partindo de Belo Horizonte, com pista dupla até Sete Lagoas, a BR 040 atravessa o Noroeste de Minas ligando Belo Horizonte à capital federal, numa extensão total de 716 km. No outro sentido, passando pela Zona da Mata e Campo das Vertentes, dá acesso ao Rio de Janeiro, com extensão de 434 km. Na Zona da Mata, a BR 040 liga Belo Horizonte à principal cidade-pólo da região, Juiz de Fora, que abriga empresas automobilísticas, agroindustriais, moveleiras, metalúrgicas, cimenteiras, têxteis e produtoras de papel e papelão. Na região do Campo das Vertentes, leva aos acessos para cidades como São João del Rei, Tiradentes e Congonhas, municípios de atração turística no circuito histórico. Rio-Bahia (BR 116): Forma um corredor viário que corta o leste e o noroeste de Minas Gerais, permitindo acesso ao Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia. Relevante para a economia brasileira, esta estrada serve também de elo Imagem relacionadaentre as regiões Sul e Sudeste do Brasil com o Nordeste. DIVISAS: BR 262: Liga Vitória, capital do Espírito Santo e importante porto de exportação, ao Triângulo Mineiro, passando pela Região Metropolitana de Belo Horizonte. A rodovia está estrategicamente localizada como um dos principais acessos à região Centro-Oeste do País. Também dá acesso a Uberaba, entrada do Triângulo Mineiro, uma das regiões mais ricas do Brasil, com grande projeção no setor de agronegócios e tecnologia de ponta. BR 050: Liga Uberaba, Araguari e Uberlândia e é um decisivo corredor de tráfego na região do Triângulo Mineiro, além de dar acesso aos Estados de Goiás e de São Paulo. As BR: BR 153: Liga Frutal à cidade de Prata, no Triângulo Mineiro, e funciona como um importante corredor paralelo à BR 050, auxiliando o transporte de carga na região. BR 365: Liga o Triângulo e o Norte de Minas a Goiás e dá acesso à rodovia Rio¿Bahia, além de levar aos principais corredores viários para os demais Estados limítrofes com Minas. BR 135: É o caminho para o Norte do Estado, conduzindo às cidades de Montes Claros e Pirapora, com suas indústrias têxteis, mecânicas, de ferro-liga, processamento de frutas e vegetais. BR 459: Faz a conexão entre Poços de Caldas, Pouso Alegre, Santa Rita do Sapucaí e Itajubá, nas regiões Sul e Sudeste de Minas. BR 267: Liga a BR 381, no Sul do Estado, a Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira. BR 265: É também um importante corredor de acesso às cidades de Alpinópolis, Boa Esperança, Lavras e São João Del Rei.