sc

logo

Pesquisar

Cultura / Artesanato / Folclore de Santa Catarina

Imagem relacionadaA tradição dos povos que fizeram parte da história catarinense ainda está presente em meio aos novos sotaques e costumes daqueles que escolheram Santa Catarina para viver mais recentemente. Essa misturaImagem relacionada cultural torna-se ainda mais evidente durante a promoção de eventos consagrados no Estado, como o Circuito das Festas de Outubro, liderado pela Oktoberfest, de Blumenau. Outros exemplos são a Festa do Pinhão, em Lages; e a Festa do Divino Espírito Santo, uma tradição secular transmitida pelos açorianos e hoje celebrada principalmente na Ilha de Santa Catarina e nos municípios litorâneos. Entre exemplos de palcos para expressão artística das novas gerações, ganha destaque o tradicional Festival de Dança de Joinville. A história cultural também é percebida nos conjuntos arquitetônicos tombados pelo Estado e nos acervos dos museus. A Fundação Catarinense de Cultura (FCC) administra atualmente a Casa da Alfândega e o Museu Histórico de Santa Catarina (em Florianópolis), o Museu Etnográfico Casa dos Açores (em Biguaçu), o Museu Casa Resultado de imagem para homofobiade Campo Governador Hercílio Luz (em Rancho Queimado) e o Museu Nacional do Mar (em São Francisco do Sul). E para a promoção das novas manifestações culturaiscatarinenses, a FCC tem sob sua responsabilidade o Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), o Teatro Governador Pedro Ivo e o complexo cultural do Centro Integrado de Cultura (CIC), todos na Capital. O ARTESANATO FAMILIAR evolui para a moderna e diversificada atividade industrial. No interior, as pequenas e médias propriedades familiares sustentam e expandem grande complexo madeireiro e agroindustrial em Lages, Chapecó, Joaçaba, Concórdia e outras cidades. Câmaras Setoriais da Cultura Economia Criativa - Roteiros Nacionais de Imigração Salão Nacional Victor Meirelles Sistema de Bibliotecas Públicas de Santa Catarina - Sistema Estadual de Museus. O FOLCLORE CATARINENSE é um dos mais diversificados do Brasil, devido aos seus componentes culturais. Nossa região foi habitada por várias etnias, como os indígenas os italianos os alemães os poloneses e váriasImagem relacionada Resultado de imagem para casa do folclore  de  santa catarinaoutras. Com os remanescentes desses primeiros povoadores das terras catarinenses onde se mesclaram se miscigenaram na nossa formação étnica, cuja cultura se integrou a cultura africana e á europeia. Segundo o antropólogo Sílvio Coelho dos Santos (1974): o litoral de santa Catarina era habitado por índios. A ilha de Santa Catarina, o litoral fronteira e toda a área litoral de Laguna também estavam habitados população indígena que vivia nessa área litorânea foi chamada pelos europeus de Carijó. Era uma população tupi guarani, dividida em várias tribos e aldeias, e ocupavam maior parte do litoral brasileiro. Essa tribo, já conhecia a agricultura tinha como principal atividade a pesca, para sua subsistência. As informações que costumamos ter sobre os indígenas são, na maioria das vezes pobres ou errôneas; pouco se enfatiza que os indígenas no Brasil domesticaram e utilizavam várias espécies de vegetais como o milho, a mandioca, o fumo, a erva mate, que logo foram absorvidos pelos europeus. Além disso, os indígenas tinham grande conhecimento da fauna e da flora. cultural dos descendentes das etnias convém a observação dos hábitos transplantados da Europa, que, se não cientificamente, folclóricos, são de certo modo assim entendidos. E estes, em maioria, estão ligados ao natal, a páscoa e ao espírito santo. Isto se entende no modo de venerar, cultuar e festejar.