logo

Pesquisar

Meio de Locomoção Rondônia

MEIO DE LOCOMOÇÃO EM RONDÔNIA: PORTO E ASPECTOS HIDROVIÁRIOS: O seu elevado índice pluviométrico de 1800 mm/ano, garante

Resultado de imagem para navegação maritima em rondonia Imagem relacionadasignificativa possibilidade agrícola, que faz de Rondônia atingir a 10a (ANULPEC/99 - FNP - Consultoria) posição no ranking do rebanho bovino brasileiro Imagem relacionada com 5,2 milhões cabeças. (IDARON/99) O conhecimento básico dos meios físicos e bióticos, possibilitará o emprego de tecnologia de exploração sustentável de recursos minerais e natural que possam atender e melhorar o desenvolvimento das atividades produtivas do Estado. As formações rochosas e o potencial hidrográfico formado pelo rio Madeira, o maior afluente do rio Amazonas, com uma vazão média de 23 mil m3 /segundo, com seus 1.700 km de extensão em território brasileiro. Também se constituindo um dos maiores do mundo, além de 08 principais bacias, se destacando a bacia do Guaporé, o que demonstra um potencial turístico com destaque para o ecológico, em razão da grande biodiversidade da floresta amazônica. HISTÓRIA: O Porto de Porto Velho começou a ser construído em 20 de abril de 1973 pelo departamento Nacional de Portos e Vias Navegáveis do Ministério dos Transportes. Inicialmente o objetivo da obra era substituir as antigas rampas implantadas pela Estrada de Ferro Madeira Mamoré – EFMM, na década de 1920. Com o tempo essa ideia mudou e o porto passou ter as características que permanecem até hoje. As mudanças começaram a partir de 1976, quando a Empresa de Portos do Brasil S.A. (Petrobrás) deu prosseguimento a diversas obras. A primeira delas foi a construção do terminal de operações (RO-RO). Em 1986, foi iniciada a construção do novo cais, que foi concluído dois anos depois. O Porto Hoje: Hoje, as operações no principal porto do Estado são realizadas por três terminais. Um para operações RO-RO, contendo duas rampas paralelas que se prolongam até um pátio pavimentado de estacionamento descoberto com Imagem relacionada10.000m 2 dispondo, ainda, de outro pátio, também pavimentado, e com mesma metragem. Por esse terminal (RO-RO), que serve para Resultado de imagem para navegação maritima em rondoniaatracação de balsa, são carregadas em média 100 carretas por semana que transportam, na maioria, automóveis, britas, hortifrutigranjeiro para Manaus e várias partes do mundo. O segundo terminal, chamado de Pátio das Gruas, possui três gruas que são responsáveis pelo carregamento, em média, de cinco balsas por semana. Por essas gruas passam diversos produtos como açúcar, tubulações e telhas que se destinam ao Amazonas e Belém. Esse terminal conta ainda com um pátio de 10.000 m 2 para movimentação de caminhões e cargas. O terceiro terminal, dotado de um cais flutuante de 115 metros de comprimento, é ligado à margem por uma ponte metálica de 113,5 metros de vão. O cais possui cinco berços de a Contagem, para a atracação de balsas que transportam, em sua maioria, soja, adubo, madeira, e contêineres. Pelo Porto de Porto Velho é embarcada boa parte das riquezas produzidas em nosso estado e nos estados vizinhos. Com isso, o Porto assume um papel importante no escoamento da nossa produção, tornando-se fundamental no desenvolvimento econômico do estado de Rondônia. Hoje, o Porto encontra-se.  Realizando operações de exportação através de sua área plenamente alfandegada. A estrutura conta com umResultado de imagem para homofobia armazém com capacidade de 720 m 3 de área útil e pátio asfaltado cercado com alambrado, perfazendo área total de mais de 3.000 m 2 . As exportações de mercadorias com desembaraço aduaneiro em Porto Velho colocam Rondônia no mapa de Estado exportador, situando-se não apenas como território de passagem do corredor de exportação da Hidrovia do Madeira, mas também como estado produtor. MEIO DE LOCOMOÇÃO: RODOVIÁRIO – Pelas rodovias BR-319 (Manaus – Porto Velho), BR-364 (Cuiabá –Porto Velho) e BR-425 (Porto Velho – Guajará-Mirim). FLUVIAL – Pelo rio Madeira. MARÍTIMO – Pelo rio Amazonas, até a embocadura do rio Madeira, e, pelo rio Madeira, até o porto.  Aracaju - 4314 – Belém - 4397 - Belo Horizonte - 3045 - Boa Vista - 1686 – Brasília - 2525 - Campo Grande - 2164 – Cuiabá - 1456 – Curitiba - 3162 – Florianópolis - 3442 – Fortaleza - 4862 – Goiânia – 2390 - João Pessoa - 4907 – Maceió - 4457 – Manaus - 901 - Natal - 5084 – Palmas - 3086 – PortoAlegre - 3662 – Recife - 4797 - Rio Branco - 544 - Rio de Janeiro - 3439 – Salvador – 4127 - São Luís – 4434 - São Paulo - 3030 – Teresina - 4366 – Vitória - 3567